terça-feira, 4 de novembro de 2008

Estava pensativa. Sua vida estava tomando um rumo totalmente diferente do que ela tinha planejado. Sentia-se viva, mas ao mesmo tempo impotente. O tempo para ela não passava; corria. Tanto a se fazer e tão pouco tempo.

Mas estava bem. O fim de semana tinha sido bem proveitoso para ela. Reveu seus amigos, falou besteiras. Nada de sorrisos mecânicos; sorrisos sinceros, gargalhadas. Estava revigorada.
Viu aqueles olhos; aquele par de olhos tão especial. Eles a liam intensamente, a desvendava a cada segundo. Era inevitável. Era tão bom.

Mas não só isso. Ela também conseguia lê-los. E os lia tão bem!



Finalmente: achou alguém que fala a sua língua marciana.




[Saudades de postar...a correria do dia-a-dia está tão intensa, que não tenho tido tempo de snetar e postar...Mas estou de volta =] ]

1 Por aqui, um pouco mais de "etc.":

Flor disse...

oiii... gostei muito daqui... por isso resolvi comentar!!
me conheça tb...

beijuu

ps.. mesmo com muito trabalho nao deixe de postar!