terça-feira, 2 de dezembro de 2008












"Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação."



(Clarice Lispector)









1 Por aqui, um pouco mais de "etc.":

Vanessa disse...

Eu preciso de muitas certezas para viver. Talvez isso não tenha solução.


ps: amei as borboletas na parede.
=)

Beijo!