sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Dias imprevisíveis, por favor.

Esses dias, enquanto dançava ao som do radinho de pilha de um estranho que estava no ponto de ônibus, pude chegar mais uma vez à conclusão que o excitante da vida é essa condição de ser imprevisível.

Andar sem rumo e mesmo assim chegar a algum lugar, virar uma esquina e tropeçar com o surpreendente, seguir em frente e reconhecer um olhar desconhecido. Falar sem saber se alguém está gravando suas palavras; dizer não querendo dizer sim, e sim quando não. Ri do nada. Chorar de tudo. Ser mais e menos. Se doar sem saber se irão lhe querer.
Não ter coisa alguma ao alcance do seu controle.

Transar com a vida todos os dias, brincar em suas curvas, explorar suas idas, suas vindas; senti-la em posse, senti-la dançar fora do ritmo...
É assim que quero que imprevisivelmente aconteça.




Todos os dias.


7 Por aqui, um pouco mais de "etc.":

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor é um blog que sempre soube receber e retornar seus comentários. Nunca deixamos ninguém, por motivo algum, no silêncio de uma visita quando vem à nossa página. Por esse motivo queremos presentear todos os amigos, que assim como nós, sabem acolher qualquer pessoa que chega com gentileza na sua casa virtual. Sem recriminação, sem preconceito, sem frescura.



Simplesmente porque:



Acolhe com o coração!



Beijos jogados no ar, sempre!



-

airlon disse...

me lembrou Raul; precisa dizer por que? Bjo, saudações musicais...

(OBS: gosto das suas fotos)

APS

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Naila,

O que falar de uma menina que tem cheiro de carnaval? Você tem a alegria nas palavras que balançam, menina linda. Sou fã dos seus textos, do seu jeito de escrever com vida e dessa personalidade tão detalhada.


Adoro, adoro e adoro seu carinho.


Um beijo bem grandão.

=]

Rebeca

-

Luna Sanchez disse...

Que assim seja!

E eu, do lado de cá, querendo ordenar os acontecimentos por cor e sabor.

Ui!

Beijo, linda Nana.

ℓυηα

Adolfo Payés disse...

Un gusto pasar por tu blog.. me gusta como escribes, te sigo para poder leerte con mas frecuencia..

Un beso


Un abrazo
Saludos fraternos

Que tengas una muy buena semana...

Marcelo Novaes disse...

Se for todos os dias, vc querera colocar "o imprevisível nos trilhos da previsibildade da frequência" (todos os dias). Não funcionará assim, certamente. A nao ser que vc adquira olhos de criança, que veem coisas novas enquanto descobrem, a todo momento.





Beijos,







Marcelo.

Nana de SouZa disse...

airlon: bom saber que alguém gosta das minhas fotografias.

~*Rebeca e Jota Cê *~: adoro essa sua ternura. Cheiro de carnaval? Amei!

Luna Sanchez: Luna, honey, não é só você. Acho que todo mundo tenta/ quer ordenar os acontecimentos de alguma forma. Acredito que seja algum tipo de necessidade nossa; algo como "estou no controle sabe?". Beijocas em tu.

Adolfo Payés: Fico muito grata por seus elogios e por sua presença. Fique a vontade aqui: o canto também é de vocês.

Marcelo Novaes: Não é que eu não tinha pensado nesse risco? Mas gostei da sugestão de "olhos de criança": curiosidade e prazer em tatear, descobrir tudo ao redor. Abraço.